Translate

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Os "amarelos" da Carris - The yelow trams


Os "amarelos" da Carris, que por vezes são encarnados, têm um encanto mágico, no modo antigo como nos transportam silenciosamente, colinas acima e colinas abaixo. Não poluem a atmosfera e as suas cores chamativas - amarelo ou vermelho - alegram as ruas da cidade de Lisboa.
Os seus passageiros são de duas qualidades, os do dia-a-dia, que todos se conhecem e trocam conversas e amizades durante as viagens, umas mais rápidas e outras mais lentas, e os turistas, que pouco tempo perdem em conversas, as suas mentes ocupadas na apreciação, mais favorável ou mais crítica, da sua visão da cidade, quer seja das estreitas ruas que sobem e descem colinas em curvas e contra-curvas, quer seja da linha paralela ao rio, onde a modernidade vai criando algumas diferenças.

The "yellows" (streetcars) of the Carris, which sometimes are red, have a magic enchantment, in the ancient way as they silently transport us up-the-hills and down-the-hills. They don't pollute the atmosphere and with their bright colors - yellow and red - they cheer up the streets of the city of Lisbon.
His passengers are of two kinds, those who daily travel the same line, and they all know each others and exchange conversations and friendships during the travels, some shorter and some larger, and the tourists, who little time  loose in conversations, his minds occupied with the appreciation, more favorable or more critical, of his vision of the city, whether it is the narrow streets that climb and go down the hills, in curves and counter-curves, or the line parallel to the river, where the modernity is creating some differences over the ancient look along the hills.


And to listen  O amarelo da Carris by Carlos do Carmo.








Enviar um comentário